Mostrar mensagens com a etiqueta Banco Alimentar. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta Banco Alimentar. Mostrar todas as mensagens

A normalização da pobreza

quarta-feira, 8 de janeiro de 2014

No outro dia fui a um supermercado e quando estava na fila para pagar, vi que atrás de mim estava um rapaz que trabalha numa oficina onde costumo ir. Reparei que trazia com ele a filha. Pensei: "o rapaz que costumo ver manchado de óleo tem, pelo menos, uma filha e pode ter mais. Evidentemente ele come, tal como os seus filhos, a sua mulher, se existir e, por isso faz compras." e continuei..."ele não deve ganhar muito na oficina, provavelmente salário mínimo... como pode alimentar a família com um salário mínimo? ou talvez dois se a mulher estiver empregada..." e fiquei a olhar, confesso.

A resposta foi fulgurante quando o rapaz encheu o tabuleiro rolante com pacotes de arroz e latas de atum. Arroz. Atum enlatado. Nada mais.

Sobre a pobreza em tempos de caridadezinha

domingo, 8 de dezembro de 2013

Li no mural do facebook de alguém que entre o Orçamento do Estado e as medidas de ataque aos trabalhadores da Administração Pública já o «Guião para a reforma do Estado» vai no adro. E que verdade tão verdadeira.

Entre promessas de alteração da Constituição e a sua alteração diária via medidas orçamentais e leis ordinárias, muitos dos direitos são já subvertidos e a CRP perigada e reconfigurada. Hoje já um em cada quatro portugueses está em situação de carência alimentar.